Piores Erros de SEO




Hail! Hoje um post sobre SEO. Eu havia acabado de logar no Gmail quando nos webclips apareceu um post do SEOChat que me chamou atenção – Os Piores Erros de SEO. Resolvi ler o post para descobrir o que estava por lá e destaco, neste post, alguns dos Worst SEO Mistakes.

Uso de Flash

Tudo bem, eu sei que o Google já anunciou que agora indexa Flash, lê o conteúdo texto presente em documentos Flash e que os desenvolvedores podem ficar tranquilos. Mas sejamos críticos. Quantos sites em Flash (totalmente ou maior parte em Flash) você viu surgir entre os primeiros resultados no seu ramo de atuação online desde a “revelação” do Google?

É óbvio que é possível rankear um site em Flash entre os primeiros, mas é mais rápido e mais simples rankear um site em HTML. Não que o Flash deva ser abandonado completamente. Ele é interessante para menus animados, ou logos de sites com alguma animação, ou qualquer coisa que seja dispensável e não contenha o conteúdo importante do site.

É um erro manter todo o site dentro de um arquivo Flash ou seu conteúdo importante.

Mau Uso de Title Tags

Como mau uso de title tags está incluído nao usar title tags (sério! existem páginas “com” o título “Untitled Document” na web)  e conteúdo duplicado pelas title tags do site, ou seja, títulos duplicados.

untitled-document

É muito comum empresas usarem o nome em todas as páginas sem especificar o conteúdo da página, assim, em todas as páginas fica o título “Empresa X”, ao invés de “Empresa X”, “Produtos – Empresa X”, “Departamento B – Empresa X” e assim por diante.

Ainda hoje muitos sites falham com a title tag de alguma forma, logo com esta tag que é tao importante para o posicionamento dos sites. Se os SEO’s e desenvolvedores em geral testassem um pouco mais a title tag em seu site, viriam como sutilezas fazem toda a diferença no posicionamento do site.

Robots.txt Mal Configurado

O robots.txt é um arquivo que oferece ao webmaster algum controle sobre o que os robôs de busca podem ou não acessar em um site. Basta especificar o crawler a ser controlado e as regras com as sintaxes Allow e Disallow para permitir e bloquear o acesso, respectivamente. No robots.txt é importante, também, definir o caminho para o sitemap XML do site com a sintaxe Sitemap.

O perigo está em definir-se o robots.txt com a regra Disallow:/, que bloqueia todo o site, ou bloquear alguma parte importante do site por acidente. Parece óbvio, mas ainda acontece hoje em dia. E um site bloqueado no robots.txt não indexa mesmo. Tanto Google quanto Yahoo! já afirmaram que em casos assim são necessários muitos links (muitos mesmo!) para que uma página bloqueada tenha a possibilidade de ser indexada.

“Sub-uso” de Links Internos

Esse é o que pode soar mais estranho e é mesmo o mais absurdo. Muitos e muitos sites falham em sua linkagem interna. Tudo bem, alguns sites são grandes demais para serem linkados de toda parte, mas se limitar aos links do menu de navegação é um sub-uso do poder de linkagem interna de um site. A linkagem interna é a mais barata e mais fácil de ser manipulada.

Sim, os links externos podem ser mais fortes e mais importantes para o ranking, mas se os links internos não forem bem utilizados, toda essa força externa vai ficar sub-utilizada também e pode ser a diferença entre o seu site e a primeira posição no ranking.

Usar Frames e iFrames

Essa também é uma das tristes verdades da Internet – Ainda existem sites que utilizam frames (vamos entender iframes também, quando for mencionado frames, tanto faz um pelo outro). E por que frames não devem ser utilizados? Quando o frame é utilizado para estruturar um site, ou seja, cada porção do site (cabeçalho, sidebar, conteúdo, rodapé, etc.) é criada separada de todas as outras e reunidas em um arquivo para organizar todas essas partes, o Google não interpreta esse arquivo como “detentor” de todos os conteúdos de cada parte. Ele interpreta cada frame como uma página completa e única, assim, ele indexa cada frame, e não o arquivo único como um todo.

Isso não é uma regra absoluta, mas tem uma chance muito grande de acontecer. O resultado é que uma pessoa pode fazer uma busca e, ao invés de aparecer o site completo, apareça somente o cabeçalho ou sidebar, e a pessoa fica sem o conteúdo que estava buscando – Uma experiência ruim para o usuário, e você sabe como o Google não gosta disso…

Uso de Cloaking

Nem é preciso dizer muito, nao é? Cloaking, aquela técnica de mostrar conteúdos diferentes para uma pessoa e para um bot de busca, é Black Hat! E, portanto, punido pelo Google. O problema mesmo é que as vezes o cloaking deriva do Geo Targeting, quando este é mal feito. O Geo Targeting é uma técnica permitida pelo Google, que até dá os conselhos de como fazer certo: se o conteúdo vai se diferenciar com base na localização geográfica do usuário (país ou cidade ou qualquer regiao), então se o googlebot se indentificar como da região X ou Y, ele deve receber o mesmo conteúdo que um usuário da região X ou Y, caso contrário…

Uso de cloaking intencionalmente para driblar o Google é black hat. Deve-se tomar cuidado para não causar um cloaking por acidente.

SPAM

Parece óbvio, mas muita gente nao entende as diversas formas de spam. Spam não é somente um email indesejado. Spam, ou spammer, também é a pessoa que erra na estratégia de divulgação do site ou blog e passa a espalhar seus links por todo lado: fóruns, blogs, etc. Normalmente, não dá a mínima para o blog ou fórum deixa um comentário genérico (“Adorei o post! Visite o meu site: www.naoseidivulgar.com.br”). Para não mencionar quando são usados sistemas automatizados de postagem, em que o mesmo comentário entra dezenas de vezes no mesmo post.

É impressionante a frequência com que isso acontece. É uma pena.

Uso de URLs não Otimizadas

O principal problema deste ponto é que a maioria dos sites primeiro cresce demais em conteúdo para depois começar a se preocupar com as URLs. A imensa facilidade de usar parâmetros p=2&id=43&etc=infinito também desencoraja os desenvolvedores a investir o tempo (e não perder tempo) com a otimização das URLs do site.

Neste ponto, o SEO deve trabalhar junto com o desenvolvedor para que a melhor solução de otimização de URL no site seja encontrada. Ainda não encontrei um sistema que impeça este trabalho. Sites em html, php, asp ou de sistemas de CMS como Wordpress, Blogspot ou Joomla, todos permitem que se tenha URLs otimizadas, é questão de se programar corretamente mesmo.

A propósito, recomendo esses posts para você aprender a otimizar URLs no Blogspot e no Wordpress, e como otimizar URLs em sites no geral.

Conteúdo Duplicado

Este é um dos maiores vilões do SEO, especialmente por que ele pode atacar sem que você perceba. Para não dizer que ele pode ser causado pelo próprio webmaster. Muitas pessoas tem dúvida sobre o que é ou não conteúdo duplicado, não tem certeza se determinada ação pode gerar ou não conteúdo duplicado e, especialmente, como evitar conteúdo duplicado óbvio, como receitas, especificações de produtos e afins.
Mas tudo tem solução e o primeiro passo é identificar conteúdo duplicado: basta ir ao Google e procurar por um trecho do texto que você quer testar, colocando o texto entre àspas. E para cada caso, uma solução diferente, mas isso eu vou deixar para outro post, por que este já está grande o suficiente.

Piores Erros de SEO

Esses são os principais pontos de lá que eu destaco como principais erros de SEO. A solução para esses problemas não é tão difícil, um pouco de pesquisa ou mesmo uma consultoria com pessoal especializado em otimização de sites com certeza pode resolver todos. Para qualquer dúvida ou sugestão de outros erros de SEO, não deixe de comentar!


Publique esse artigo no Twitter Salve este artigo no Delicious Cadastre esse artigo no Dihitt Cadastre esse artigo no UEBA Cadastre esse artigo no Rec6
comente+29 Comentário(s).
  1. Excelente abordagem.
    Alguns destes erros eu já conhecia, mas confesso que não tinha noção do poder da linkagem interna.

    Utilizarei mais vezes daqui pra frente.
    Abraços.

  2. E aí Diego! Vc nao está só. Já vi muito site q nao trabalha bem a linkagem interna, mas considerando q uma imensa quantidade nao trabalha nem as meta tags, eh de se entender.

    Abraços!

  3. Muito bom o post!

    Acho, também, que a estrutura de links interno seja a mais difícil e uma das mais importantes, pois envolve: nofollows, anchor texts, etc.

    Um erro muito comum que vejo por aí, são os “redirecionamentos”:
    javascript, 301, meta refresh, etc… Há, ainda, muito desperdício de pagerank em redirecionamentos mal-feitos.

    Abraço!

  4. Eh isso aih Arthur. Tem muito redirecionamento mal feito e, mais ainda, nao feito.

    E a linkagem interna ainda eh algo que as pessoas vao se acostumar.

    Abs!

  5. Amigos,

    Estes erros de SEO são primários e muito comuns.
    Há o lado econômico, também, que precisa ser considerado.
    Ao cotar o desenvolvimento de um site, as ações de SEO compõem o preço do trabalho a ser realizado.

    De um modo geral, clientes não querem pagar mais por qualquer coisa que não conhecem ou não entendem.

    Sem buscadores (Google, Yahoo, MSN, Ask e outros) um site não ‘vende’. Isto o cliente entende. Então, em nossa empresa adotamos que as técnicas de SEO são obrigatórias no desenvolvimento de um site. Se o cliente não quiser SEO, não tem site.

    Há uma seleção natural dos clientes atendidos.
    Nós nos especializamos e tornamos os sites desenvolvidos com técnicas de SEO um destaque no Google em suas áreas de atuação.

    Sucesso a todos.

    Parabéns ao Frank Marcel pela novo site.

    (as) Carlos Machado

  6. E aí Carlos! Esses sao erros que acontecem com muita frequencia, nao só no Brasil, mas em outras partes do mundo também. Ainda, as pessoas nao reconheceram o poder do SEO. Mas o campo está ganhando espaço.

    Obrigado pelo comment e pela visita!
    Abs.

  7. Escelente, esse post. E é a primeira vez que vejo tanto erro junto! :-) Vou linkar voce em meu blog.

  8. E aí Joao!
    Valeu pelo comment!

    Tentei reunir os erros de seo mais básicos neste post.
    Abraços!

  9. Frank,
    Recentemente coloquei meu 1o site no ar e pela facilidade optei pelo uso de frames (apenas para fazer o menu lateral). A pagina é muito simples, apenas HMTLs sem frescuras. Porém estou tendo problema na indexação do google com os frames… qual alternativa? PHP não é uma opção para mim pois não sou expert em programação WEB e nem quero ser…
    Li que iframe tb não resolve o problema, porque eu quero que todos os itens do meu menu sejam indexados, porém quando abertos quero que o menu seja exibido (oque não ocorre hoje no google pq o site está com frames).

  10. Olá Cesar. O PHP é uma alternativa muito interessante, e você nao precisa ser expert em programaçao web, só precisa decorar o seguinte comando:
    < ?php include('menu_lateral.php');?>

    Aí você faz os seus arquivos php com código html normalmente, mas nomeia como .php e ao invés de usar frames ou iframes, usa esse código que eu coloquei aí. Bem menos caracteres que o frame hein!? Acho que você é um expert em frames. Brincadeira.
    A restriçao fica mesmo por conta de você precisar de um servidor que “rode” PHP.

    Mas, outras linguagens a parte, nao tem como fazer o Google enxergar isso. É a forma como ele trabalha. O melhor que você tem a fazer é abandonar os frames.

    Abraços!

  11. Ótimas dicas do que não fazer! Acho que estabelecer prioridades na linkagem interna (quando usar ou não o nofollow) se torna complicadinho em sites maiores. Mas a gente vai testando e aprendendo… hehe, abraço!

  12. hahaha.. é guilherme, para sites maiores, tudo fica mais complicado, mas como diz o meu professor Edmilson: “a gente tem que fazer o difícil, porque o fácil qualquer um faz…”

  13. tocando no assunto do conteúdo duplicado, eu agora só coloco uma categoria em cada post não vá o google achar plágio, mais vale prevenir do que um dia ter um desgosto e depois fica dificil de levantar

  14. Essa é bem a idéia mesmo. É melhor não ter q ficar corrigindo problemas. Depois que o Google bate o martelo, a vida fica complicada.

  15. Não sei bem mas creio eu que essa linkagem interna pode ser facilmente resolvida também com nuvem de tags em html. Estou certo?

  16. hmm.. não exatamente.. eu particularmente não gosto e não recomendo o uso de tags. Linkagem interna é mais o lado de linkar o seu conteúdo, tags só fazem gerar conteúdo sem muito controle.

    abraços!

  17. Olá Amigos,

    Belo post.

    Orientações aos mais novos, ou nem tanto, são bastante agradáveis.
    Sucesso.

  18. Frank, desenvolvi um CMS próprio e tenho encontrado alguns problemas em otimizar os sites que crio através dele. Suas dicas estão sendo muito úteis para que eu possa aprimorar a ferramenta. Tenho uma dúvida:

    - Parâmetros em uma URL como por exemplo: “default.asp?P=Tecnicas-SEO-Otimizacao-de-websites” são tão eficientes quanto a otimização feita diretamente no nome do arquivo, como por exemplo: “Tecnicas-SEO-Otimizacao-de-websites.html” ambos tem o mesmo efeito para os buscadores?

  19. Frank, desculpe-me pelo abuso… estou praticamente recebendo uma consultoria SEO sua, sem pagar por isto… espero algum dia poder retribuir.

    Tenho algumas dúvidas sobre conteúdo duplicado. Existe algum post seu falando do assunto? Procurei aqui e no Mestre SEO, mas não localizei.

    Mais uma vez, muito obrigado pela ajuda.

  20. @Carlos: obrigado! são informações simples, mas de grande valia.

    @expresso: quanto menos os parâmetros interferirem nas URLs, melhor. Mas várias vezes as Engines já disseram “webmasters não se preocupem…”

    Na Mestre SEO, recomendo a categoria sobre Conteúdo Duplicado, mas existem diversos artigos que sempre passam por essa questão.

    Valeu pelos comments pessoal!

  21. Fala, Frank. Tudo bem?
    Muito legal seu blog. Já acompanhava vc pelo mestreseo e agora “favoritei” seu endereço particular tb.
    Conteúdo de qualidade.
    Montei um blog para falar dos projetos de clientes e aos poucos, estou colocando uma coisinha ou outra sobre técnicas básicas de SEO (Primeiro estou testando comigo mesmo… rs). Dá uma passada lá, analiza e deixa um comentário pra estimular seu novo amigo aqui.
    Espero um dia chegar nesse nível que vc está.
    Um abraço e bons negócios!
    Mauricio

  22. Oi Frank, beleza?
    Parabéns pelo blog, está sendo de grande utilidade para mim, iniciante na área de SEO. Estou devorando todas as páginas possíveis hehehe.
    Como o Mauricio acima, já acompanhava você pela mestreseo e também agora sou visitante direto do seu blog particular.

    Parabéns pelo post, muito legal, muita gente erra nessas partes da otimização. Eu por exemplo, não fazia uso direito da linkagem interna. Agora vou prestar mais atenção nisso.

    []s
    Sergio

  23. Olá Frank,

    Em primeiro lugar, parabéns pelo post!
    Muitos desses erros eu já conhecia, apesar de conhecer muito pouco sobre SEO – só sei o básicão mesmo.

    A linkagem interna também me surpreendeu: gosto de fazer isso, até porque você direciona alguns leitores para mais conteúdo dentro do blog. E para os plagiadores desavisados isso também ajuda a previnir a cópia :razz: já que muitos copiam e colam, sem ao menos checar os links.

    Um abraço.

  24. E bem por aí mesmo. As vezes eles assinam o feed e o republicam. Aí vai o conteúdo inteiro mesmo. É bom proteger o conteúdo com links e ainda fortalece o site, as páginas internas.

    Obrigado pelo comentário!

  25. Olá Frank,
    Estou começando meus estudos da area de SEO e pretendo também ser especialista em social media. Suas dicas são sempre úteis para mim. Trabalho com joomla e to começando a aprender alguns truques de URL amigaveis até como alterar o texto para facilitar a indexação. Parabéms, valeu e keep going

  26. Excelente artigo, valeu a pena ler. Frank, realmente estes erros acontecem com frequência por muitas pessoas que não possuem um bom conhecimento, mas convenhamos, as engines de busca nunca chegaram a perfeição, portanto a todos, o problema é sempre o ‘exagero’ o ‘a mais’, se souber aplicar o resultado será positivo.

  27. Olá realmente muitas pessoas insistem em continuar com os mesmos erros, só agora estão vendo a importância do SEO.

  28. Muito bacana, Frank! Preciso admitir que não faço linkagem interna. Ainda….
    Grande abraço :razz:

  29. Grande post!

    Muito interessante saber sobre esses tipos de erros, principalmente sobre URLs nao otimizadas. Sou iniciante na area de SEO e digo que nasceu uma paixão gigantesca pela area.Confesso que nao prestava muito atencao na montagem das URLs, agora percebo o quanto é importante.Como sempre digo “Aprenda com seus erros,mas aprender com os dos outros economiza muito tempo :wink: .”.

    Parabéns e sucesso sempre!

Comente sobre 'Piores Erros de SEO'


[ Ctrl + Enter ]

Não é apenas mais um blog Wordpress