Google SEO. Sim, o Google usa SEO!




Em uma visita ao YouTube me deparei com mais uma daquelas sugestões do Google para que o usuário faça o download do Google Chrome, que ele coloca em cada um de seus domínios. O detalhe é que desta vez eu resolvi lançar um olhar de SEO para cima do YouTube.

chrome-youtube-seo

Na imagem acima (clique na imagem para ampliar), cada link para um vídeo (com o background de texto rosa) está com o atributo nofollow no link, enquanto o link “Fazer download do Google Chrome” está sem o atributo. A página inicial do YouTube tem um generoso e, provavelmente, merecido PageRank 9. É um belo de um link com um texto âncora bem favorável.

Naturalmente, a busca por “fazer download do google chrome” retorna a página do Google para isso na primeira posição (e na segunda também). Com um link desses (para não dizer vários links desses), ficou fácil para o Google bater o superdownloads, que aparece na terceira e quarta posições.

Mudando completamente o foco da discussão, isso leva a crer que “usar nofollow demais” não existe. O próprio YouTube faz um uso bem intenso do atributo, para não citar a Wikipedia, e nenhum deles sofre qualquer tipo de punição por isso. Isso também pode servir como indício para validar a questão de direcionar o fluxo de PageRank da página inicial para o resto do site, afinal, com o uso do nofollow em links internos o YouTube não faz mais do que subvalorizar o seu conteúdo, que já não é muito competitivo (vídeos e não texto).

Motivações e justificativas para esse uso do nofollow na página inicial do YouTube à parte, fica a dica de planejar bem os objetivos do seu site e onde aplicar o nofollow para otimizar a distribuição de PageRank internamente e diminuir o vazamento de PageRank para outros domínios. É claro que este uso do nofollow é para controlar a distribuição de PageRank e não somente evitar que o Googlebot perca tempo em páginas “inúteis” como contato, login, etc.


Publique esse artigo no Twitter Salve este artigo no Delicious Cadastre esse artigo no Dihitt Cadastre esse artigo no UEBA Cadastre esse artigo no Rec6
comente+12 Comentário(s).
  1. “Gostou? Então assine o feed ou divulgue este excelente post:” Nada como um adjetivo para valorizar os nossos ;D

    Mas você tem razão, foi um post bem interessante. Não é porque você está “na banheira” que você vai deixar de se preocupar em se manter nela. E acho que deveríamos prestar atenção em algumas coisas do Google mesmo. Eles não vão deixar à mostra coisas excepcionais para aumento de PageRank, afinal, eles não precisam. Mas algumas coisas podem ser relevantes, como o que você trouxe no post.

    Realmente tem alguma graça “SEO também serve para o Google”

  2. hehhehe… testes e mais testes Daniel.

    É… e se você gastar um pouco de neuronio em cima desse nofollow no YouTube, você acaba montando umas teorias da conspiraçao bem interessantes. Fica para as imaginaçoes ferteis dos SEOs hehehehe.

    valeu pelo comment! abraços!

  3. Parabéns pelo Post!

    Muito Interessante Mesmo!

    Quando meus sites tiverem um PR desses já sei muito bem para onde linkar! uhauhauhauhauhuhauha

    Abraços Frank!

  4. ehehehhe
    valeu Cassiano!

    nao esquece de colocar nofollow nos links internos hein!? aheiauheiuh

  5. Amigo Frank estou lhe visitando, parabéns, sua web é de ótima qualidade, harmônica, excelente! Sinto-me honrado e feliz. Confesso que gostei de ter passado aqui. Somos felizes quando contribuímos para a felicidade dos nossos semelhantes. Votos de muito sucesso, de par com os de uma próspera e produtiva semana de trabalho, sucesso, muito brilho, fiquem com Deus. Encontrar-nos-emos sempre por aqui… Aguardo sua visita. Felicidades, muita paz e proteção.
    Valdemir Reis

  6. ola Frankie fiquei a conhecer o seu excelente website, muito porreiro esta de parabéns.

    Desculpa a perguntinha: em coloco muitos links nos posts sem nofollow, isso quer dizer que estou a dar pontos do meu pagerank?

    Não convinha andar a trabalhar para aquecer rsrsr

  7. E aí Noe! Muito obrigado pelo elogio!

    Utilizar nofollow é uma boa sim. Basta montar uma boa estratégia.

    Sobre dar pontos de PageRank, funciona por esse caminho: a página que está fazendo os links não perde nada, mas, por exemplo, vamos considerar que uma página tem 2 links: um interno (para o seu próprio site) e um externo (para outro site).

    1. Se vc não usar nofollow no link externo, o PageRank que a página passa ficará dividido por 2.
    2. Se vc usar nofollow no link externo, o PageRank vai todo para o seu link interno.

    É nesse sentido que vc perde PageRank sem usar nofollow, entendeu?

    Obrigado pelo comment!

  8. Nossa, excelente post. Nunca parei pra pensar nisso. Entrei aqui no blog através de um comentário antigo seu em meu blog. Hoje vi como seu blog cresceu daquela época pra ca e tem também domínio próprio e um mapeamento de domínio bem feitinho do antigo blogspot para o servidor próprio, além de ver que hoje você é uma das autoridades brasileiras no assunto SEO. Mais legal ainda é ver que você estuda na UNIFEI em Itajubá. Nunca iria imaginar. Minha irmã também está fazendo UNIFEI em Itajubá. Só que o curso dela é Física. Quem sabe talvez vocês não se conheçam, não é mesmo?

    Abraços
    do Terrinha

  9. Muito interessante seu artigo Frank.
    Eu também nunca tinha parado para ver as páginas do Google com um olhar de SEO rsrs – e eles sempre espertos! :idea:

    Muito bom!
    Sucesso. Abraço!

  10. Excelente post Frank … parabéns
    E me enche os olhos ver que o Google busca rankear suas páginas não por simples manipulação de resultados … mas com uma jogada SEO limpa …

  11. E eles prescisam de seo?

Comente sobre 'Google SEO. Sim, o Google usa SEO!'


[ Ctrl + Enter ]

Não é apenas mais um blog Wordpress