Frankmarcel.com

Vacas Roxas!

Não, não é nenhuma aberração ou manipulação genética de cientistas com falta do que fazer. Vacas roxas são o que chamam atenção. A teoria é apresentada por Seth Godin em um de seus livros.

Imagine você dirigindo em uma estrada e as vacas pastando ao redor desta estrada. Você não vai dar importância a elas, não vai notá-las. Já as viu tantas e tantas vezes que passa desapercebido. Mas e se uma delas for roxa? Vai chamar tanta atenção que você vai parar para ver, chegar perto e depois contar para todo mundo.

Vacas Roxas no SEO

Assim também é nos negócios. Assim também é na internet. Assim também é no SEO com o link bait, traduzindo: isca para link.

Dentro de SEO, as vacas roxas são as keywords roxas. Assim como para aqueles cientistas criar uma vaca roxa não seria nada fácil, keywords roxas também são difíceis e arriscadas. A “regra” é usar o óbvio, pois é o que as pessoas acabam por procurando na internet.

As keywords roxas são as que vão além. Associam um novo termo ou dão um novo nome a um conhecido produto/serviço. A parte difícil vem na divulgação deste novo nome. Fazer com que as pessoas busquem por ele. Impossível? Não.

Algumas dicas para alcançar isso ficam por conta de criar textos virais (que se espalham rapidamente e te prendem) divulgando a nova marca para o velho produto.

Tem uma história associada? Divulgue. Tem um domínio disponível? Compre. As vacas roxas, raras, sem dúvida vão chamar atenção. É difícil entrar em um mercado que já esteja dominado pelas keywords óbvias dele. Entre pelos fundos então! Ou pela janela, quem sabe.

E para quem queria ver uma vaca roxa:

aí está! =)

Até a próxima.

Leitura recomendada: