Análise de Sites – Faça Análises com o Google Analytics

Eu tenho um post na Mestre SEO sobre mudanças na certeza e precisão dos dados coletados via Google Analytics, mas, ainda assim, este post é bem válido e a idéia apresentada aqui (que por sinal foi minha apresentação no OMExpo Latino 2010) é um bom investimento de tempo em análise de sites para entender melhor pontos fortes e fracos do site em análise.

Dr. House - Análise de Sites - Google Analytics

Google Analytics e Seus Dados

No dia 25 de maio, o Google anunciou no Public Policy Blog que os usuários de Internet poderão não mais contribuir para os dados coletados pelo Google Analytics ao longo de sua navegação através da instalação de um add-on em seu browser. Este add-on tem a função de bloquear o funcionamento do javascript do Google Analytics e, assim, o usuário poderá passar desapercebido por onde navegar – desapercebido pelo Google Analytics! Outros sistemas de tracking não tem nada a ver com a história.

Problemas de coleta de dados a parte, continua sendo válido utilizar o Google Analytics. Acredito que a adesão, bem como a preocupação com a confidencialidade deste tipo de informação seja inexistente e não deve tender a se tornar padrão. Sendo assim, trago minha apresentação para este artigo do meu blog de SEO:

Google Analytics para Análise de Sites

Métricas Explícitas do Google Analytics

No geral, o Google Analytics é um medidor de visitas – a maioria dos seus menus e gráficos mostram a evolução de visitas sob algum aspecto (visitas, visitas por keywords, visitas por Search Engines, visitas por referring sites, etc.) e contam também com detalhes como bounce rate, tempo no site entre outros.

Essas métricas explícitas certamente ajudam a análise de um site em seus pontos mais básicos:

  • Quantidade total de visitas
  • Quantidade total de visitas em uma palavra-chave
  • Quantidade total de visitas a partir de um site
  • Quantidade total de visitas em um determinado conteúdo
  • e assim por diante

É importante observar cada uma dessas métricas, pois elas já dizem bastante quando se faz a análise do site. O volume de visitas total provê o andamento geral do site. Cada outro ponto específico, visitas por keywords, visitas por site de referência, visitas em determinados conteúdos, servem para providenciar a análise específica de cada área do site – keywords que precisam de mais atenção, conteúdos que não estão com o desempenho esperado, ou sites de onde se pode conseguir mais visitas.

Até aqui, todas métricas estão devidamente expostas e prontas para uso no Google Analytics. Mas não pára por aí.

Métricas Implícitas do Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta tão versátil e interessante que mostra dados interessantes de se analisar sobre sites até mesmo sem querer. Mas você precisa ser perspicaz e montar seus próprios gráficos. Os gráficos de total de visitas por palavra-chave e total de visitas por sites de referência apresentam outros dados interessantes:

  • Quantidade de keywords diferentes que levam visitas ao site

gráfico de keywords de entrada

Basta olhar quantas keywords levam visitas ao site:

Diversidade de Palavras-Chave - Google Analytics

Ainda neste relatório, trocando a informação exibida para landing pages (ao invés de keywords), obtém-se a:

  • Quantidade de páginas diferentes que recebem visitas

Diversidade de Páginas - Google Analytics

De onde é possível montar o gráfico:

Gráfico de quantidade de landing pages

Seguindo a mesma linha, mas agora para referring sites, é possível montar a diversidade de sites que levam visitas ao site em análise:

Diversidade de Sites - Google Analytics

Obtém-se essa informação de modo análago ao modo de se obter a diversidade de keywords.

Análise de Sites com Google Analytics

Essas e outras dicas, como uso de expressões regulares, eu apresentei na OMExpo Latino 2010. Abaixo, a apresentação que eu usei por lá:

Dúvidas e sugestões? Deixe um comentário! E tuite a vontade! Até a próxima.

Leitura recomendada:

30 thoughts on “Análise de Sites – Faça Análises com o Google Analytics

  • :mrgreen: Muito legal esse artigo Frank, principalmente análise do volume de palavras-chaves e landing pages vinda das buscas orgânicas, é uma métrica muito importante para ser acompanhada e muitos ignoram ou nem sabem que existe.

    Só para complementar nessa parte, é bom o pessoal segmentar para ver apenas as visitas não-pagas vinda dos buscadores.

    Pois da maneira como está ali , pegará o número de landing pages e keywords que vem das campanhas de links patrocinados também.
    🙄

  • @Eduardo: Sim sim, sutilezas que eu não incluí no artigo, nem apresentação, pois eram 8 minutos somente… 😉

    @Felipe: Recomendo fortemente incluir o script de tracking de visitas do Google Analytics em todas páginas do site sim. Sem dúvidas.

  • Parabéns Marcel!

    Muito bom Post, basicamente um guia de uso do Google Analytics.

    Vou revisar o Google Analytics inteiro depois dessas dicas valiosas.

  • Desenterrando a pergunta do Felipe… rs

    A recomendação do script em todas as páginas é apenas à título de métricas individuais ou esse fato auxiliaria tb na própria indexação do conteúdo?

  • @thomaz: O Google Analytics é muito poderoso. Além do evidente, existem esses pontos que eu destaquei e, com certeza, muitos outros que eu ainda não encontrei! =)

    @Mauricio: Google Analytics não está relacionado a indexação de páginas. A recomendação é porque o Google Analytics somente coleta informações de páginas com o código. Particularmente, eu quero informações de todas páginas do site, logo, preciso instalar o código em todas as páginas.

    Abs,

  • Frank, obrigada pelas dicas.

    Gostaria de saber se tem algum artigo sobre otimização ou análises como essa, mais específicas pra ecommerce.

    Além disso, gostaria de saber se você indicaria uma plataforma que seja mais facilmente integrada com Google e que possa ser feito um trabalho de SEO mais eficiente.

    Obrigda,
    Camila

  • Camila, que tipo de análise específica para ecommerce você está sentindo falta? Todos as métricas e gráficos do artigo/apresentação são úteis para ecommerce também.

    Na MestreSEO existem alguns tópicos direcionados a Ecommerce:

    Ecommerce SEO é posssível (básico, mostra alguns dados do Brasil)
    Ecommerce SEO – Dicas para Sua Loja Virtual (mais interessante, mais dicas, mais completo)
    Ecommerce SEO – Arquitetura para Lojas Virtuais (bem interessante, mas é para Assinantes da MestreSEO – aproveite que está rolando uma promoção com 90% de desconto, a assinatura coletiva)

    Sobre plataforma, não sei te fazer uma indicação. Até hoje, todos clientes que atendi tinham plataformas personalizadas até certo ponto e com vários problemas a serem corrigidos.

    Vai mais de ter uma equipe de programação capaz de lidar com a plataforma e resolver problemas…

    Espero ter ajudado, abraços!

  • Oi.Tenho uma pergunta sobre site de referencia (origem da visita). Sei q se, por ex, eu visitar sua pag no twitter e de la “pular” p/ o seu site, voce, talvez atraves do GA ou outra ferramenta qquer, sabera q eu estava em sua pagina.
    Mas se por um acaso, eu procurar por alguma info. sobre o seu blog no “search”, com certeza o Twitter vai liberar naquele espaco tudo q tem a ver com: Frank, Marcel, seo, blog de seo, etc.
    Supondo q daquele espaco na area de ‘search’ atraves de um link postado por ti eu chegue ao seu blog, tu tens como saber a origem da visita, ou seja, http://www.twitter.com/search? Ou p/ vc vai aparecer como se eu estivesse em sua conta?
    Sao duas info. diferentes, concorda? Na primeira eu acessei seu blog porque eu quis, na segunda talvez eu tenha digitado na ‘search’ seu nome mesmo ou,por ex: blog de seo.
    No segundo caso, penso eu, pode-se chegar a conclusao q de alguma maneira os seus updates sao interessantes ou q houve um interesse extra do visitante. Ou seja, ha dois tipos de analises.
    Bom… acho q e so.
    Valeu!

  • Oi, o Google Analytics não consegue medir a intenção, ou todo o caminho feito até o site. Isso você precisa inferir.

    Mas, com certeza, seja via busca, tweet ou perfil, o Google Analytics registra de onde veio a visita.

  • Bom, existem aplicações específicas para cada tipo de site. Mas aí é questão de estudar mais a fundo o Analytics e o seu próprio site. Nada realmente especial para o wordpress.

    Abs,

  • Esse sistema do Google é simplesmente sensacional!

    Dá pra ter uma visão legal dos nossos sites.

    Muito bom mesmo!

    =D

    Abraços

  • Frank, abrir uma conta google analytics implantei o codigo nas minhas paginas mais nao esta fazendo as analises, ja voltei para o google analytics fiz novamente o procedimento mais nao conseguir ter sucesso. Frank poderia mim passar o passo a passo como devo implantar o google analytics em minha pagina. obrigado.

  • Rafael, na verdade não tem segredo. Tal como o próprio Google Analytics descreve, basta copiar e colar o código que ele oferece entre as tags head do código HTML de todas as páginas do site.

    Não conheço um tutorial detalhado. É simples assim. =)

  • fala Frank marciel sou + novo seguidor do seu blog , rs e ja vim le trazendo trabalho rsrs , jovem duvidas .. http://www.explosionfilmes.net esse meu site ta sendo punido pelo google e nao tenho a minima ideia do que seja vc poderia me dizer o que tem de errado ? 🙂 abraçoss

  • De lo poco se, de poco que entendí, ya que soy gallego pero no traduzco muy bien el brasileiro. Yo pienso que otra herramienta muy útil para el analisis de un Sitio es Google Webmaster… no?

  • Muito bom o tema, não sei se é alguma configuração ou é assim mesmo, os cliques do google (cpc) não mostram detalhado as palavras clicadas como o google (organic), se puderem me ajudar, Obrigado!

  • Depende dos detalhes que você quer. Mas realmente as keywords reportadas no CPC são referentes a keyword comprada, e não keyword buscada. Enfim, dependendo do caso não tem muito o que fazer.

  • Ola Frank.Permita-nos um aparte. Inclusive estamos elaborando o site http://www.accuratesolucoes.com.br, justamente para essa assessoria. O Google Analytics pode-se reeditar o código javascript e também criar filtros. Com esses códigos, consegue-se rastrear 99% das informações de um site ou e-commerce, link, banners, e-mail marketing, campanhas no Adwords e uma série de informações. Tem um livro (o qual estudo todos os dias) que é muito bom “Compreendendo o comportamento dos Usuários” de Justin Cutroni, onde ele explica é até fornece determinados códigos. Um forte abraço

  • Olá Frank Marcel, como vai?
    Tenho uma loja ecommerce (ezip.com.br) e estamos anunciando no google shopping e outros comparativos de preços. Consigo pela “utm_source=google&utm_medium=shop&utm_campaign=googleshopping&idProduto=” saber de onde vem um click, mas na hora de acessar a aba conversões >Ecommerce ele não mostra de onde vem essa compra. De qual comparativo de preço ele vem?!

    Praticamente todas as opções que seleciono em “Secondary dimension:” não exibe nada.
    Então como eu posso saber de onde vem essa compra? Não existe essa possibilidade?

    Cansei de procurar sobre filtros ou como fazer isso e não consigo..rs
    Se poder me ajudar eu agradeço muito. 🙄

    Att,
    Guilherme Velloso

  • Guilherme, se você configurou o ecommerce corretamente, você vai ver, em praticamente todos relatórios, logo acima do gráfico, um link azul “ecommerce.”
    Assim, vá até o relatório de campanhas e observe o gráfico. Acima dele deverá ter o link ecommerce. Clique, e você vai ver os dados de ecommerce junto das campanhas.

  • Olá Frank, muito obrigado por responder!
    Mas eu ainda não estou conseguindo exibir..rs 🙄

    Você sabe de algum tutorial que mostra isso?
    Eu usei um da mestreseo para configurar o ecommerce.

    Mais uma vez obrigado pela ajuda e desculpe incomodar.

  • Com o tempo tenho notado que a grande manha do GA é justamente o que você comentou aí: Ir além das métricas padrão e encontrar as implícitas.

    As métricas mais óbvias dizem muito mas acabam nos levando à ilusão de que # de pageviews (ou qualquer outra métrica óbvia) são indicadores suficientes da qualidade do site em questão.

    O difícil é ter experiência e visão suficientes para encontrar essas métricas implícitas e inferir dados importantes a partir delas rss!

    Post muito bom!

  • @Guilherme, o tutorial da MestreSEO é bem completo mesmo, eu até o revisei há pouco tempo. Não sei o que mais sugerir.

    @Fabiano, valeu!

    @Saullo, o espírito é esse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *