Fazer um Blog com foco em SEO: WordPress ou Blogger?

blog wordpress ou blogger

Todo mundo que vai começar a desenvolver um blog e descobre que existe esse tal de SEO sempre se pergunta:

O que é melhor: blog em Wordpres ou Blogger do Google?

O blogger do Google é também o Blogspot. Em termos de plataforma gratuita e uso da plataforma em si (em vez de usar um domínio próprio), curiosamente, o Blogspot pode ser a melhor opção.

Blogspot / Blogger

O Blogger é a plataforma de blogs gratuitos do Google. Lá para os idos de 2007 eu tive um blogger. Ele é gratuito mesmo, sempre, e para criar o seu blog por lá, você simplesmente precisa ter uma conta Google, acessar o site e escolher o nome (que vai ficar algo como nomeescolhido.blogspot.com).

O interessante desse serviço de blogs é que ele é bastante flexível, você realmente pode fazer ajustes finos de visual, HTML e widgets para obter recursos adicionais.

Se você tiver habilidades com javascript e se familiarizar com a sintaxe de construção do Blogspot, você consegue fazer muito mais do que no WordPress* especialmente agora que o Google renderiza e interpreta código javascript.

O asterísco no WordPress aí em cima é porque existem “2 sistemas” do WordPress.

Sites e Blogs com WordPress

Verdadeiramente o WordPress é 1 só, mas você tem 2 possibilidades para embarcar no uso da plataforma: Uma, é no sentido do Blogspot do Google: Você cria uma conta, escolhe o nome (vai ficar no estilo nomeescolhido.wordpress.com) e pode começar a publicar conteúdo.

A outra forma para começar a usar o WordPress é contratando uma hospedagem e ativando o WordPress nessa hospedagem, aí, o blog vai precisar ficar em um domínio específico (algo no estilo www.nomeescolhido.com.br).

Opção 1: WordPress.com

Esta forma de uso do WordPress é muito rápida de se iniciar e é totalmente gratuita também, como o Blogspot. A desvantagem é que ele é bem mais fechado e, por consequência, menos flexível. Você vai ficar bastante limitado às opções que ele oferece de temas (visual/layout), plugins/widgets e recursos adicionais.

Eu já tive um blog no WordPress.com também, para iniciar a experiência com o WordPress. E apenas vejo vantagem nele para isso, para ganhar uma primeira experiência com a plataforma.

Já para uso constante e desenvolvimento de um blog de sucesso, não consigo recomendar. Ele é mais limitado.

Opção 2: WordPress.org

Deixando o melhor para o final, esta sim é a opção que pode levar o seu site ou blog para um nível bem mais profissional e de sucesso: WordPress.org.

Esta modalidade do WordPress também é gratuita, você realmente não precisa pagar nada para usá-lo. A diferença é que você vai precisar de um domínio e uma hospedagem.

Porém, é possível começar com o WordPress.org praticamente de graça:

  1. Ter um domínio custa cerca de R$ 10 a R$ 50 por ano (R$ 0,80 ~ R$ 4,15 / mês). É muito barato;
  2. Você pode ter uma hospedagem gratuita por 1 ano ao criar uma conta no AWS da Amazon.

Você vai precisar colocar a mão na massa um pouco mais diretamente para ter o WordPress funcionando caso opte pelo AWS Amazon. Outros serviços de hospedagem oferecem a instalação do WordPress com apenas 1 clique. Porém, nesses outros serviços, você vai precisar contratar algum plano de hospedagem (que cai na faixa de R$ 10 a R$ 100 por mês nos planos iniciais).

Particularmente, sou bastante fã da Amazon. É muito rápida e isso é ótimo para SEO.

Na outra ponta da história, hospedagem paga, eu tenho a hospedagem aqui do meu site com a Zertico. Também muito rápida, suporte melhor do que o da Amazon e em português, a empresa é brasileira.

Você pode ter, sim, um blog de sucesso com o WordPress.com ou o Blogspot, mas realmente vale muito partir para o WordPress.org. O sistema é fácil de usar, muito mais flexível e amigável para desenvolver SEO do que Blogspot e WordPress.com.

Mesmo optando pelo AWS, onde você vai precisar fazer alguma configuração de servidor e banco de dados manualmente, a Amazon oferece guias muito fáceis de seguir para ter o WordPress rodando.

E para fazer um blog de sucesso e ganhar dinheiro?

monetizacao: ganhar dinheiro com blog

Escolher a plataforma é apenas o começo. É uma escolha importante, mas o real sucesso do blog vai vir da sua dedicação em produzir um site que encontre as necessidades que as pessoas tenham, ou que seja muito eficiente em ser amplo.

Escolha sobre o que vai escrever

Para a maioria das pessoas e, possivelmente, para você também, a melhor opção é escolher um nicho, ou seja, um segmento de mercado, um tema sobre o qual todo o conteúdo do blog será desenvolvido. Por exemplo, em vez de fazer um blog de notícias gerais (política, mundo, esportes, tecnologia etc), você terá mais sucesso fazendo um blog dedicado a 1 único tema: esportes.

Ou pode ficar ainda mais específico: apenas futebol; ou apenas 1 time de futebol.

Geralmente, ficando dedicado e específico com o tema, você consegue alcançar relevância e autoridade (reconhecimento) mais rapidamente, ou seja, vai conquistar visitantes, fãs, seguidores e boas posições no Google.

Depois disso, expandir para outros temas vai ficar mais fácil, pois esses visitantes, fãs e seguidores já estarão conquistados e simpatizados, sendo mais provável de continuar a “ouvir a sua voz” quando você ampliar o tema no blog (outros times, outros esportes).

Para facilitar a produção de posts, experimente escolher um assunto que conheça muito bem, ou pelo qual seja apaixonado, assim, você terá muita facilidade para desenvolver os textos com qualidade.

Conteúdo bem feito é um importante fator de SEO, então você vai precisar caprichar neste ponto se quiser ter um blog de sucesso no Google.

Entenda para quem você vai escrever: Persona

Aqui no meu site, eu explico a importância da Persona no post Como vender mais com seu site. Mas nem só para vendas a Persona é importante. Para o sucesso do seu blog também.

Entendo para quem você vai escrever, você vai entender os anseios, desejos e curiosidades dessas pessoas, aí você vai conseguir escrever exatamente o que as pessoas querem ler. Será o casamento perfeito.

Para descobrir o que as pessoas querem saber sobre esse tema, esse nicho no qual você vai inserir o seu blog, você pode começar simplesmente pesquisando no Google os assuntos que você acha que podem ser interessantes, pode pesquisar no Yahoo Respostas (que vai ter perguntas diretamente listadas), ou até mesmo pesquisar os grupos no Facebook.

Enquanto Google e Yahoo Respostas podem entregar o conteúdos que serão mais interessantes para o seu blog, com o Facebook você pode descobrir também quem são as pessoas que mais se interessam no segmento: jovens, homens, mulheres, condição social/financeira, localização.

Tudo isso é material para você alinhar a forma como você escreve com o público, a persona. Quanto mais alinhado, mais o conteúdo será aceito e, por consequência, mais visitantes, fãs, seguidores e resultados no Google.

Monetização: Opções para ganhar dinheiro com o blog

A maioria das pessoas que conheço que tem esse objetivo: iniciar um blog e conseguir uma renda extra (ou principal) com ele, geralmente tem foco em atacar o Google AdSense, o programa do Google que te possibilita colocar anúncios no blog e você ganha quando as pessoas clicam no anúncio.

Os cliques rendem, na maior parte das vezes, centavos. Então você precisa de bastante visita e bastante clique para levantar uma boa renda com o blog.

A alternativa é você entrar em um programa de afiliado e vender produtos de outras pessoas. Neste caso, geralmente você ganha com comissões por venda e a comissão pode chegar a centenas de reais, conforme seja o próprio preço do produto e o valor de comissão.

Naquele mesmo artigo sobre “como vender mais com o seu site” eu também indico esta opção, então passe por lá para ler um pouco mais. No fim das contas, mesmo não vendendo diretamente no seu site, por ser um blog, as dicas daquele artigo são 100% aplicáveis para você conseguir sucesso em cliques ou comissões com o seu blog.

Uma alternativa final que você pode conquistar quando tem um blog de muitas visitas é a venda direta desse alcance de público que você tem em alguns formatos:

  • Vender anúncios de forma direta para empresas (em vez de usar o AdSense ou similares);
  • Vender publieditoriais (um post/artigo pago);
  • Se você captar email dos visitantes, pode vender o disparo de emails para seus contatos.

Além do email, seu blog pode render para você Fan Pages com muita audiência, canal de YouTube ou perfil de sucesso em outras redes sociais, e isso pode virar capitalização para você.

Preciso ter milhares de visitas no blog?

Bom, sim. Eu não conheço um blog de centenas de visitas que tenha alcançado alto rendimento, seja via AdSense e programa similares, comissões em produtos ou outras formas.

Conforme seja o seu potencial inicial de investimento, ou conforme seja a evolução dos seus rendimentos, você pode apostar na compra de tráfego, usando o Google AdWords ou outros sistemas similares.

Porém, se você está na mesma onda de boa parte das pessoas iniciando com blogs, investir em visitas não é uma opção e aí SEO passa a ser o principal canal de tráfego gratuito.

E aqui nós voltamos à questão inicial do post:

O que é melhor: Wordpres ou Blogger?

Blog em WordPress, com domínio e hospedagem próprios (não WordPress.com) pois assim você poderá aplicar SEO no seu site em muito mais amplitude, vai contar com muito mais recursos de plugins, vai ter mais opções para o tema (visual) do blog ou até mesmo criar (ou comprar) para ter um visual totalmente personalizado.

SEO para WordPress

seo para wordpress

Novamente a facilidade entra em cena como diferencial para o WordPress. Otimizar um site WordPress é bem fácil, você só precisa da orientação correta para ter os plugins corretos (e não sobrecarregar o WordPress com besteiras), orientação para configurações das opções gerais do WordPress e orientação sobre como produzir conteúdos otimizados.

Procurando no Google você vai encontrar uma infinidade de opções de plugins e tutoriais ensinando a fazer modificações no WordPress. É muita informação e é difícil separar o que é útil, do que é apenas floreio.

Se você quer dar um tiro certo para otimizar o seu blog, o Mestre Academy tem o curso de SEO para WordPress que resume tudo que você precisa para o sucesso do WordPress nas buscas, além de outros cursos mais profundos para estratégias mais completas.

Se ainda não vai investir em um curso, tenha certeza de incluir o plugin Yoast SEO no seu WordPress e já dê os primeiros passos. Depois que tiver as primeiras visitas no blog, considere se inscrever no curso online para acelerar o seu crescimento.

Leitura recomendada:

2 thoughts on “Fazer um Blog com foco em SEO: WordPress ou Blogger?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *